7236913378bd2d7fe6b79ef9e5a02c16 Categoria(s): Destaques

As cores do The Butchart Gardens

Postado por Gustavo Belarmino 15 de setembro de 2014 22 Visualizações
Fotos: divulgação

Fotos: divulgação

Este não é um jardim qualquer. Mas começou como qualquer bem-cuidado cantinho verde: o amor de seus proprietários pela natureza. Os Jardins de Butchart (ou Butchart Gardens, em inglês) são a concretização de um sonho que começou no início dos anos 1900, quando Robert Pim Butchart e sua mulher, Jennie, mudaram-se para a costa oeste do Canadá, para trabalhar com a produção de cimento na região. Foi lá que Jennie deu início ao embrião do que hoje é este imenso campo florido: um jardim japonês, na propriedade da família, que ficava bem perto da pedreira de onde retiravam calcário. Um contraste e tanto, não é?

abre2

Quando as fontes da pedreira se esgotaram, Jennie convenceu o marido a transformar o lugar em um jardim. Saia de cena o cinza do concreto, para dar lugar a uma profusão de cores, que muda a cada bem-definida estação do ano. Logo o interesse de visitantes foi aumentando e barcos cheios começaram a chegar ao local. Logo logo tudo foi se vestindo de verde. Os campos de tênis viraram um jardim italiano e a horta da casa virou um belo jardim de rosas.

jardins01

Passando de avô para neto, o jardim não parou de crescer. Nos anos 1950, a família inaugurou a iluminação noturna, para comemorar os 50 anos do local. No centésimo aniversário, em 2004, os jardins foram designados como sítio histórico. Hoje o pequeno-grande paraíso dos Butchart recebem quase um milhão de visitantes por ano, atraídos pelas mais de 900 variedades de plantas que florescem ininterruptamente de março até outubro.

PARA VISITAR
www.butchartgardens.com

Tags:

Uma visita inspiradora ao Chelsea Market, em NY

Postado por Gustavo Belarmino 11 de setembro de 2014 34 Visualizações

NOVA IORQUE – Quem segue o Fazendo Sala no Instagram percebeu que, nos últimos dias, várias postagens foram feitas diretamente da “big apple”. Com seus arranha-céus que são verdadeiros cartões postais, a arquitetura da cidade que nunca dorme convive com passado e futuro harmoniosamente.

Fotos: Gustavo Belarmino

Fotos: Gustavo Belarmino

Entre as intervenções que merecem destaque na agenda do turista está o Chelsea Market, um mercado estilizado que em nada lembra os do Brasil. Uma curiosidade sobre o lugar: ali funcionava a antiga Nacional Biscuit Company, que inventou o biscoito Oreo. Em 1958 o prédio foi abandonado e, só nos anos 90, revitalizado para dar espaço ao complexo que hoje existe, ocupando dois quarteirões inteiros.

chelsea05

chelsea01

Com paredes rústicas, predominando o cinza, ocre e ferrugem, o Chelsea Market chama atenção pelos elementos usados em sua decoração. Peças industriais da antiga fábrica foram reutilizadas, fotografias em preto e branco estão espalhadas pelas paredes e letreiros antigos complementam o clima do lugar.

chelsea03

Até os elevadores que dão acesso aos andares superiores (que funcionam empresas de mídia e televisão) conservam o padrão rústico, em metal enferrujado. Muitas lojinhas não ficam de fora, trazendo a atmosfera vintage para a sua decoração.

chelsea-04

chelsea07

chelsea08

chelsea06

ARREDORES – E já que você está no bairro de Chelsea, não deixe de circular pelas ruas das redondezas. Por ali, o maior exemplo de como uma área abandonada pode ser reintegrada à cidade de forma charmosa e cheia de personalidade está no delicioso High Line Park. A área, uma antiga linha de trem elevada foi desativada e, depois, transformada em área de convivência, com um verdadeiro jardim suspenso com direito a espreguiçadeiras e estandes de souvenires e (mais) áreas de alimentação – parte do jardim fica bem acima do Chelsea Market (veja nas fotos abaixo).

high-line

high-line2

high-line3

high-line4

ENDEREÇO
Chelsea Market: 75 9th Avenue entre 15th e 16th Streets

Tags:

vermelho Categoria(s): Decoração

Vermelhou! Como usar a cor na medida certa

Postado por Ines 10 de setembro de 2014 39 Visualizações
colagem-regina

O sofá em formato de beijo da famosa jornalista Regina Guerreiro dá um toque ousado em ambientes onde o branco impera

O vermelho é uma cor vibrante, ousada. Transmite vida. E pode ser usada na decoração de várias formas. Um simples toque aqui, ali, dá um tom a mais em qualquer ambiente. Mas também pode estar presente de forma intensa, deixando aquele espaço mais quente. Existem projetos que usam uma parede inteira ou apenas em peças de decoração. Um sofá vermelho é objeto de desejo de muita gente! Selecionamos algumas imagens que podem ajudar quem ainda não teve coragem de apostar na cor.

vermelho5

vermelho4

vermelho2

vermelho3

vermelho

Não apenas na sala, mas também em ambientes como quarto, cozinha  e banheiros.

vermelho6

colagem-vermelho

 

 

 

colagem-banheiro

Tags:

brinquedo2 Categoria(s): Ambientes, Destaques

Brinquedoteca ajuda a manter a casa em ordem

Postado por Ines 4 de setembro de 2014 52 Visualizações

brinquedo4

Que mãe nunca sonhou em não encontrar brinquedos espalhados pelo chão da casa? Todos devidamente organizados em um cantinho especial. Esse sonho é impossível ok?! Mas existe uma forma de mantê-los mais arrumados (pelo menos durante um tempo!). Ter um lugar para acomodar a bagunça das crianças é o ideal, assim conseguimos estruturar melhor  as outras áreas da casa. Com algumas dicas, a gente consegue, por incrível que pareça, manter o ambiente em ordem.

brinquedo3

Primeiro, é importante substituir móveis pontiagudos por arredondados e pisos escorregadios por carpetes ou tapetes de EVA. Objetos de decoração devem ser de madeira ou plástico. Mesmo com as redes de segurança (item indispensável em apartamentos com crianças), o ideal é afastar móveis das janelas e não esquecer de protetores de quinas e tomadas.

Feito o checklist de segurança, vamos à decoração. O projeto deve incluir lugares adequados para os pequenos guardarem os brinquedos. Não é porque estamos falando de uma brinquedoteca que ela não será organizada. Pelo contrário, é neste espaço que devemos estimular o “brincou, depois guarde”. Objetos como caixas, baús e cestos podem ser usados e até etiquetados. Cores específicas para tipos diferentes de brinquedos também ajudam os miúdos.

colagem1

colagem2

Nichos, prateleiras e gavetões são muito usados pelos arquitetos nestes ambientes. Tudo com altura adequada para que as crianças brinquem com independência. Os menos usados – ou apenas decorativos – podem ser colocados em locais mais altos. Organizadores com várias divisões são ótimos para brinquedos pequenos.

Parede-legal-para-o-quarto-de-brinquedos-zoop1

O espaço também pode contar com quadros de giz (existem tintas que simulam), painéis e rolos de papel. Materiais usados para desenhar devem ficar sempre à mão. Tintas nem tanto.

brinquedo2

Uma dica é usar cores claras nas paredes para dar mais leveza ao ambiente. Tintas laváveis são as mais indicadas. Já o papel de parede… pode ser usado no quarto de dormir, exatamente para evitar rabiscos.

brinquedo1

O mais importante é pensar que este local deve ser de brincadeira, pensado com segurança e carinho. Deve ser leve e ao mesmo tempo colorido, como brincadeira de criança.

Tags:

promo Categoria(s): Notas

Quem vai receber o Fazendo Sala em sua casa?

Postado por Ines 30 de agosto de 2014 182 Visualizações

Chegou a hora de anunciar o vencedor da campanha Fazendo Sala lá em casa. Antes, queremos agradecer a participação de todo mundo. Foi muito legal ver como as pessoas desejam um ambiente que expresse o momento que estão vivendo. Um lugar aconchegante para elas e para receber os amigos e familiares. Afinal, esta é a proposta deste blog. Compartilhar ideias para deixar o nosso cantinho um charme. Mas vamos ao que interessa não é?!

A vencedora da nossa campanha foi Raquel Batista Pordeus de Amorim que, atualmente, mora no bairro da Várzea, no Recife, mas daqui a pouco estará morando na Rua do Futuro, na Jaqueira, onde comprou um apartamento novinho. Por que escolhemos Raquel? Porque ela  representou pra gente o sonho de grande parte  dos brasileiros. Depois de trabalhar anos, conseguiu comprar a casa própria.

Ela nos contou que trabalha há 25 anos e somente agora adquiriu o apartamento dos sonhos. Um pouco menor que o atual, mas aquele que cabe no seu bolso. Raquel, Darlan e a pequena Ingrid, de 9 anos, precisam, como ela falou, “da ajuda da fada madrinha, a arquiteta Giuliana Zirpoli, para por cada coisa em seu lugar”, na sala de sua nova casa.

promo

Giuliana, a fada madrinha, adorou o desafio: “Super merecido. Após 25 anos de esforço conseguir comprar seu primeiro apartamento. Faremos com o maior prazer”, garantiu a arquiteta.

É isso, Raquel! Parabéns pela duas conquistas. Em breve, o projeto do seu cantinho com assinatura do escritório de arquitetura de Giuliana Zirpoli  estará aqui, com os presentes dos nossos parceiros queridos Casa Modelo, CasaTua e A Carneiro.

Tags:

Para criar a linha de pratos Bico de Pena, Joana trabalhou com caneta nanquim para fazer traços delicados. Para dar mais força ao desenho, as peças foram elaboradas em branco e preto, com toques de dourado – o que confere sutileza e 
elegância às quatro versões do produto Categoria(s): Destaques, Notas

A arte de Joana Lira na Tok&Stok

Postado por Ines 27 de agosto de 2014 102 Visualizações

joana6

Tem criação pernambucana na Tok&Stok. A artista plástica Joana Lira assina cinco linhas exclusivas para a loja, vendidas em toda a rede brasileira. As coleções Fauna e Flores, Pollen, Casario, Voa Passarinho e Bico de Pena podem ser encontradas em roupas de cama, louças, copos, vasos, esculturas, incluindo papel de parede e cúpula para abajur. A gente mostra um pouquinho do que estará nas prateleiras a partir desta quinta-feira (28).

A linha Pollen traz estampas nas cores preto e branco, em um olhar macroscópico sobre esse símbolo da fertilidade formado por grãos microscópicos

A linha Pollen traz estampas nas cores preto e branco, em um olhar macroscópico sobre esse símbolo da fertilidade formado por grãos microscópicos

A Casario é inspirada na arquitetura de importantes centros históricos brasileiros

A Casario é inspirada na arquitetura de importantes centros históricos brasileiros com suas igrejas e casarões antigos

A experiência de Joana em um projeto de identidade visual, que tinha como objetivo preservar a Mata Atlântica, a inspirou na criação da estampa Fauna e Flores, com destaque para as cores românticas, uma homenagem à sua filha caçula, Dora

A experiência de Joana em um projeto de identidade visual, que tinha como objetivo preservar a Mata Atlântica, a inspirou na criação da estampa Fauna e Flores, com destaque para as cores românticas

Para criar a linha de pratos Bico de Pena, Joana trabalhou com caneta nanquim para fazer traços delicados. Para dar mais força ao desenho, as peças foram elaboradas em branco e preto, com toques de dourado – o que confere sutileza e elegância às quatro versões do produto

Para criar a linha de pratos Bico de Pena, Joana trabalhou com caneta nanquim para fazer traços delicados. Para dar mais força ao desenho, as peças foram elaboradas em branco e preto, com toques dourados

Damiana do Rosário e Tobias Eurico são personagens em porcelana que podemser utilizados como vasos ou esculturas e trazem em cada face um desenho diferente

Damiana do Rosário e Tobias Eurico são personagens em porcelana que podem
ser utilizados como vasos ou esculturas. Eles trazem em cada face um desenho diferente

Tags:

Logo PE Con Sidebar

Vídeo

Instagram Slider

Minha Sala

Minha Sala

Envie suas sugestões de decoração

Newsletter

setembro 2014
D S T Q Q S S
« ago    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930