52030 Categoria(s): Decoração, Destaques

Uma parede com inspirações hi-tech

Postado por Gustavo Belarmino 24 de julho de 2014 31 Visualizações

52030

O superdesigner egípcio Karim Rashid desenvolveu uma linha de papéis de parede que tem no mundo digital a inspiração para suas tramas e texturas. A linha Multiverse dos produtos da Glamora reúne padrões geométricos diversos que circulam entre o design gráfico e a arte. As cores são usadas como forma de expressão e a concepção do papel como um todo se utiliza do sentido contemporâneo de ilustração, onde as imagens dão ideia de profundidade e até ilusão de ótica em vários padrões apresentados. No Recife, os papéis podem ser comprados sob encomenda na A.Carneiro Home & Office e são feitos de materiais não poluentes, permitindo sua reciclagem.

SERVIÇO:
Loja Recife
Av. Domingos Ferreira, 2902- Boa Viagem- Recife- PE
Fone: 81 30819192

Loja São Paulo
Al. Gabriel Monteiro da Silva 344- Jardim América- São Paulo- SP
Fone:  (11) 3060.9922

www.acarneirohome.com.br

 

Tags:

boskke4 Categoria(s): Decoração, Destaques

Plantas de pernas pro ar

Postado por Ines 21 de julho de 2014 45 Visualizações

colagem-boskke

Eles estão deixando a jardinam de pernas pro ar – literalmente! O Sky Planter, além de ser ecologicamente correto, feito de plástico reciclado, dá um ar mais moderno e inusitado à decoração, pois os vasos em forma de lustres são pendurados no teto, de cabeça para baixo.

boskke4

Como funciona? Há um reservatório de água no topo e a água é colocada por meio de um pequeno buraco, sendo liberada, aos poucos, na terra. Isso significa que a maior parte da água atinge as raízes das plantas diretamente, reduzindo a evaporação.

Os vasinhos podem ser encontrados nas cores  branco, preto, vermelho, rosa, azul, verde e transparente, que permite o crescimento da planta.

boskke5

No País, são fornecidos pela Boskke Brasil (a empresa foi fundada na Nova Zelândia). No Recife, a Villa Garden vende o produto.

boskke3

LEIA TAMBÉM
Paredes verdes, vivas e sustentáveis

Tags:

Wunderbar: porque personalidade é tudo Categoria(s): Decoração

Wunderbar: porque personalidade é tudo

Postado por Gustavo Belarmino 18 de julho de 2014 97 Visualizações

É um novo bar? Como se pronuncia? E por que essa poltrona “caminhando” pelo centro do Recife? A ideia do video de lançamento da Wunderbar Recife, loja “que traz um olhar diferente sobre tudo o que já existe” não é explicar, é causar identificação e curiosidade. Seguindo a tendência de que personalidade traz muito mais charme a qualquer ambiente, a proposta do espaço, que significa “maravilhoso” em alemão é reinventar móveis, poltronas, estantes e estofados antigos.

“No Brasil, a maioria das casas parecem showroom” comenta a recifense Renata Jatobá, que se inspirou no hábito alemão de reinventar tudo que é antigo. “Em vez de jogarem fora mesas e sofás que já guardavam marcas do tempo, eles davam um novo olhar àqueles objetos. Aqui, no Brasil, temos o hábito de descartar tudo”, comenta ela, que morou na cidade de Potsdam nos últimos 15 anos.

Detalhe importante: além de reinventar objetos por conta própria, a marca também recebe encomendas de pessoas que queiram dar um novo olhar a móveis que já possuem em casa. Voltaremos a falar desse assunto.

A Wunerbar, que também vai vender almofadas e outros produtos da madrilena peSeta, só abre no próximo dia 7 de agosto e vai ficar na Zuhaus Design, na Rosa e Silva, 1739,  Graças. Tá curioso? Segue o Instagram e o Facebook deles ou clica no vídeo-teaser acima.

Tags:

colagem3 Categoria(s): Decoração, Destaques

Paredes verdes, vivas e sustentáveis

Postado por Ines 17 de julho de 2014 111 Visualizações
colagem3

Projeto da EcoGreen com paisagismo de Carlos Motta

A falta de área verde nos centros urbanos chegou a um nível que empresas começaram a se especializar nos chamados jardins verticais. A instalação é possível tanto nas paredes internas de apartamentos como também em muros externos. É uma forma de levar para dentro de casa aquela sensação de vida que as plantas proporcionam, deixando os ambientes, inclusive, mais frescos.

Marcelo Kozmishky

Paisagismo de Marcelo Kozmishky

No mercado há menos de um ano, a EcoGreen Ideias Sustentáveis, da empresária Catarina Durães, trouxe para o Recife, a tecnologia do jardim vertical da Green Wall Ceramic. O projeto une a beleza das plantas à praticidade da manutenção pelo sistema de irrigação inteligente.

Os jardins verticais com módulos contínuos de cerâmica garantem mais espaço para o desenvolvimento horizontal das raízes pelo sistema de irrigação por gotejamento. É uma boa ideia para quem adora plantas mas não tem muita noção de cuidados.

Paisagismo de Luciano Lacerda

Paisagismo de Luciano Lacerda

Em ambientes fechados, uma parede verde pode diminuir até 3ºC de temperatura, proporcionando economia no uso do ar condicionado, além de melhorar o clima.

Luciano Lacerda para Villa Garden

Luciano Lacerda para Villa Garden

A Green Wall trabalha em parceria com paisagistas como Ana Lúcia Gonçalves, Nati Flora, Luciano Lacerda, da Villa Garden, Júlio Pires, Paulo Atmosphera e Marcelo Kozmhinsky.

By Luciano Lacerda

QUADROS – Além do jardim vertical, uma novidade é o quadro verde. Produto de origem francesa, a moldura é equipada por um sistema de irrigação que vem com um substrato natural no qual as plantas formam raízes. O reservatório permite a irrigação contínua das plantas e indica a hora de regar com água.

colagem-quadro

quadro-verde2

Tags:

Cida Lima e Neguinha, com suas peças em barro trazidas de Belo Jardim, estão expondo na galeria de mestres da Fenearte Categoria(s): Destaques, Notas

Aos mestres com carinho

Postado por Gustavo Belarmino 9 de julho de 2014 47 Visualizações

São os mestres do artesanato pernambucano que dão as boas-vindas aos visitantes da Fenearte. Ao longo de uma larga passarela, o tapete vermelho dá o indicativo de que ali estão selecionadas histórias e tradições, muitas vezes passadas de pai para filho, geração a geração. Alguns destes artesãos estão ali naquela ala pela primeira vez, como Marina Ferreira, que traz sua tapeçaria de Lagoa do Carro para apresentar aos passantes. Diz que está tão feliz, que nem cabe em si. E que mais do que o seu trabalho (e teve muito, para deixar o estande abarrotado de tapetes, pesinhos de porta e passadeiras), revela que sua história, nem sempre fácil, a levou até ali. São trajetórias como a da simpática Dona Marina e a da filha de Ana das Carrancas que permeiam esse vídeo que o Fazendo Sala apresenta agora, sobre a Ala dos mestres da Fenearte. Dá o play.

Cida Lima e Neguinha, com suas peças em barro trazidas de Belo Jardim, estão expondo na galeria de mestres da Fenearte

Cida Lima e Neguinha, com suas peças em barro trazidas de Belo Jardim, estão expondo na galeria de mestres da Fenearte

CONFIRA OS ESTANDES QUE O FAZENDO SALA VISITOU

- Peças de barro
Cida Lima e Neguinha
Belo Jardim

- Rosas e bonecas de palha de milho
Vera Brito
Vicência

- Tapeçaria
Marina Ferreira
Lagoa do Carro

- Carrancas da Filha de Ana Carranca
Da Cruz
Petrolina

- Carrancas esculpidas em madeira
Seu Bitinho
Petrolina

- Mamulengos
Miro
Carpina

- Leões em barro
Família Nuca
Tracunhaém

- Bonecos em madeira
Wagner Porto
Garanhuns

Tags:

Tradicional leão cacheado da Família Nuca, de Tracunhaém (R$ 250) Categoria(s): Achados, Destaques

Peças cheias de estilo e histórias

Postado por Gustavo Belarmino 7 de julho de 2014 93 Visualizações
Vaso de mesa rendado, estande do Ceará - R$ 61,06

Vaso de mesa rendado, estande do Ceará – R$ 61,06

No segundo post sobre nosso “garimpo” na Fenearte, feira que segue até o próximo sábado (12), no Centro de Convenções de Pernambuco, o Fazendo Sala traz 12 peças de decoração com preços que variam de R$ 25 a R$ 300. O melhor do passeio – além de levar um item cheio de história para casa – é conhecer algumas inspirações dos artistas que fazem parte do pool da feira. Como os bonecos em barro de Ivo Diodato, artista de Tracunhaém, que são inspirados na Abaporu, de Tarsila do Amaral. Por isso, as estátuas, batizadas de João Romão, trazem rostos sem face e pés e mãos imensos, ora remetendo às profissões, ora à religiosidade. Entre as peças apresentadas neste post, algumas criações exclusivas, como o revestimento das caixinhas em madeira com renda de coqueiro, da Arte Reveste, em exposição no estande do Sebrae Pernambuco.

Boneca de papel maché com coité de Cândida Lins - Estande Sebrae Pernambuco - R$ 180

Boneca de papel maché com coité de Cândida Lins – Estande Sebrae Pernambuco – R$ 180

Santa em cordão de algodão - Lindolfo Nicéas - Estande Sebrae Pernambuco - R$ 50

Santa em cordão de algodão – Lindolfo Nicéas – Estande Sebrae Pernambuco – R$ 50

Biu dos Anjos, Petrolina, cabeça de anjo barroco - R$ 170

Biu dos Anjos, Petrolina, cabeça de anjo barroco – R$ 170

Pêndulos em barro do Centro de Artesanato do Cabo - R$ 25

Pêndulos em barro do Centro de Artesanato do Cabo – R$ 25

Tradicional leão cacheado da Família Nuca, de Tracunhaém (R$ 250)

Tradicional leão cacheado da Família Nuca, de Tracunhaém (R$ 250). Existem peças menores por R$ 100

Fruteira de Minas Gerais - R$ 90

Fruteira de ferro de Minas Gerais – R$ 90

Divino Espírito Santo de alumício reciclado com madeira de reflorestamento de Alex Mont' Elberto - R$ 273

Divino Espírito Santo de alumínio reciclado com madeira de reflorestamento de Alex Mont’ Elberto – R$ 273

Bonecos em barro "João Romão", de Ivo Diodato, Tracunhaém - R$ 300

Bonecos em barro “João Romão”, de Ivo Diodato, Tracunhaém – R$ 300. A obra “O Cortiço”, de Aluísio Azevedo, também serviu de inspiração para o artista criar seus bonecos

Cirandeira de Alex Mont' Elberto - R$ 60

Cirandeira de Alex Mont’ Elberto – R$ 60

Tigela com carranca tradicional de Ana das Carrancas (R$ 80)

Tigela com carranca tradicional da filha de Ana das Carrancas (R$ 80). Os olhos vazados das carrancas de Ana, que hoje inspiram a obra de sua filha Da Cruz, foram criados em homenagem ao seu segundo marido, José Vicente, que era cego

Caixa de renda de coqueiro Arte Reveste - Estande Sebrae Pernambuco - R$ 80

Caixa de renda de coqueiro Arte Reveste, arte criada por João Lopes – Estande Sebrae Pernambuco – R$ 80

Luminária em barro do Centro de Artesanato do Cabo - R$ 65

Luminária em barro do Centro de Artesanato do Cabo – R$ 65

Madeira com laca Marchetaria Morais - Olinda - Estande Sebrae Pernambuco - R$ 300

Madeira com laca Marchetaria Morais – Olinda – Estande Sebrae Pernambuco – R$ 300

Tags:

Logo PE Con Sidebar

Vídeo

Instagram Slider

Newsletter

Minha Sala

Minha Sala

Envie suas sugestões de decoração

julho 2014
D S T Q Q S S
« jun    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031