expand_less

Posts filed under "Ambientes"

A importância de escolher um bom colchão

Postado por Gustavo Belarmino 1 de junho de 2015

casal-escolha-mattress

Se tem uma coisa que tira o sono, literalmente, de muita gente que vai casar é a escolha do colchão ideal. Na hora em que você vai buscar informações numa loja, os vendedores já têm frases decoradas sobre a importância de levar um bom produto. Afinal, é ali que você vai passar 1/3 da sua vida dormindo. O investimento se justifica: além de ser um bem que dura alguns vários anos, é numa boa noite de sono que você repõe as energias para gastar durante o dia. Se você partir para procurar em sites especializados e nas próprias lojas, é bem possível que volte com várias interrogações na cabeça: que densidade devo comprar? E o tamanho, queen ou king? Espuma ou molas ensacadas? Quando você multiplica isso pelo casal, é provável que as questões só aumentem. Por isso, o Fazendo Sala separou algumas dicas para você fazer uma compra consciente:

escolhacolchao

ENTREVISTA COM O DR. VINICIUS BENITES*:

Quais os problemas em não escolher um colchão adequado?
Dormir em colchões que não são adequados para o peso fazem com que o produto se deforme, e com isso, acaba não distribuindo a carga corpórea de maneira homogênea. Sendo assim, alguns pontos do corpo ficarão sob maior tensão e podem ser prejudicados.

E se o colchão é para casal, como deve ser feita a escolha?
Quando se trata de colchão de casal, a escolha deve ser feita levando-se em conta o peso da pessoa mais pesada. (Veja na tabela abaixo a densidade ideal para o seu peso x altura):

tabela_colchao

A posição na hora de dormir pode causar dores na coluna?
Sim, principalmente em pessoas que já tenham algum tipo de dor nas costas e naquelas que ficam em posições viciosas por muito tempo, por exemplo, aqueles que dormem no sofá.

E qual a melhor maneira de dormir?
O ideal é dormir de lado, com um travesseiro que deixe o pescoço alinhado e com uma almofada entre as pernas, pois nesta posição a coluna está em linha reta

TAMANHOS DE COLCHÃO
128×188 – casal modelo antigo
138×188 – casal padrão
158×198 – queen size
178×198 – King nacional ou medida intermediária
193×203 – King Size ou Super King Size
Já comprou o seu colchão e quer aprender como cuidar?

colchao-casal

Veja ainda:

DICAS PARA CONSERVAÇÃO DO SEU COLCHÃO (com www.meucolchao.com.br)
Estudos afirmam que depois de alguns anos de uso, 10% do peso do colchão é composto por ácaros e poeira. Para garantir noites tranquilas, sem espirros e narizes entupidos, siga as dicas abaixo:

– Evite usar estrados sem ventilação;

– Abra as janelas e porta e deixe o ar circular por todo o ambiente diariamente, evitando o acúmulo de poeira em seu colchão;

– Caso haja alguma infiltração no quarto, deixe o colchão o mais longe possível do foco do problema, a fim de evitar que apareçam mofos;

– Se molhar com urina ou outros líquidos, coloque toalhas, papéis toalha ou jornais para absorver o líquido. Faça uma vaporização com uma mistura de água e vinagre e coloque para arejar sem presença de sol;

– Utilize uma capa para proteger o seu colchão. Isso faz com que sua cobertura em tecido dure mais e o protege do contato com o suor ou outras substâncias.

– Não use o plástico da embalagem, pois impede que o colchão respire.

colchao01

PRAZO DE VALIDADE
Os de espuma mantêm a qualidade do material por até oito anos.
Os de mola podem durar até 15 anos.

SERVIÇO
* Dr. Vinicius Benites: Neurocirurgião, especialista em doenças da Coluna.
Dr. Vinicius Benites realizou especializações em Cirurgia da Coluna Vertebral com um dos maiores e mais reconhecidos nomes da área, o Prof. alemão Dr. Jurgen Harms, no Spine Surgery Center da Klinikum Karlsbad Langensreinbach, e também no Center for Spinal Surgery and Neurotraumatology, ambos na Alemanha. Ele atua no consultório privado em São Paulo e Guarulhos, além de ser médico do Grupo de Coluna, da disciplina de Neurocirurgia da Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo (EPM-UNIFESP), onde exerce funções acadêmicas, assistenciais e de pesquisa.

Tags:

Verde subindo as paredes em um criativo jardim vertical Categoria(s): Ambientes

Verde subindo as paredes em um criativo jardim vertical

Postado por Ines 16 de maio de 2015

daniela

Por Daniela Sedo*

Criados para diminuir a falta das áreas verdes em grandes centros urbanos, os painéis vegetais, ou jardins verticais, cumprem bem o papel de ocupar qualquer espaço vertical com lindas flores e criar um ambiente muito agradável e diferente.

Eles podem ser feitos em diversos ambientes, desde paredes de áreas externas, sendo em varandas ou quintais, em áreas internas, como dentro das casas ou até mesmo em ambientes comerciais. É possível fazer em qualquer lugar, desde que se tome cuidado com o tipo de planta a ser utilizado, isso porque existem espécies de sol ou sombra.

Para ambientes com bastante claridade o ideal são espécies como a Samambaia, Renda-portuguesa, Avenca, Chifre-de-veado, Lambari-roxo e a Columéia, todas plantas de sol.

samambaia

 

Para ambientes fechados, que têm pouca incidência de sol, o ideal é utilizar espécies de sombra como a Minibromélia, Peixinho, Repsális, Véu-de-noiva e o Brinco-de-princesa.

minibromelia

Toda a estrutura é muito fácil de ser montada, já que é feita através do plantio das espécies em vasos de terracota, que possuem um de seus lados retos, ideais para ficar presos à parede. Os vasos de terracota, que possuem 15 cm de diâmetro e 20 cm de altura, são feitos em argila cozida no forno e dá um charme todo especial para os jardins verticais.

Outro fator que deve ser levado em consideração é a impermeabilidade da parede na qual será construído o painel, já que ele deve estar preparado para a umidade vinda das plantas. É importante tomar esse cuidado para não danificar a estrutura da casa, e ter problemas com a umidade posteriormente. Vale fazer um trabalho de impermeabilização no local antes da construção do painel.

Ótima opção de vegetação e que favorece muito a beleza do painel é a utilização da mini costela de adão, uma espécie que deixa o painel tropical. Lembrando que além da função de aproximar as pessoas de uma linda vegetação, os painéis verticais também exercem a função de cobrir imperfeições de muros, criando um aspecto diferente ao ambiente, e uma decoração inovadora.

Além de toda a beleza presente, esse tipo de transformação também atrai pássaros que auxiliam na manutenção dos jardins verticais, já que polinizam as flores, deixando todo o painel sempre com um aspecto diferente e com plantas distintas.

Para modificar qualquer área não é necessário muito trabalho e sim dedicação. Os jardins verticais podem trazer um ar todo diferente para qualquer ambiente, basta escolher o local, tomar os cuidados necessários e escolher as espécies que mais agradam. Sempre é possível criar, nem que seja em uma pequena área, um lindo jardim.

Toda a estrutura é muito fácil de ser montada, já que é feita através do plantio das espécies em vasos de terracota, que possuem um de seus lados retos, ideais para ficar presos à parede. Os vasos de terracota, que possuem 15 cm de diâmetro e 20 cm de altura, são feitos em argila cozida no forno e dá um charme todo especial para os jardins verticais.

* Daniela Sedo é arquiteta e paisagista

Categoria(s): Ambientes, Destaques

Um jardim dentro de casa

Postado por Ines 15 de maio de 2015

luciano-villagarden

Quem mora em apartamento e sempre sonhou com um jardim não tem mais desculpa. Se falta metro quadrado, as plantas podem “subir” pela parede. Os chamados jardins verticais são a solução para varandas de apartamentos, dando um ar bucólico ao espaço. A gente conversou com o paisagista Luciano Lacerda, do Villa Garden, que inaugurou uma belíssima loja no Espinheiro.

jardim-vertical01

Antes de plantar as flores, é preciso preparar toda a estrutura para a irrigação e definir onde a água será escoada. Luciano explicou que existem dois tipos de projeto para jardins verticais: os feitos com madeira (de preferência jatobá) e os com blocos de cerâmica. No vídeo abaixo, ele explica a diferença entre os dois. É só clicar.

E na hora de escolher as plantas? É preciso estar atento apenas à luminosidade do local. Existem espécies que adoram sol, outras que só ficam bonitas na sombra. No vídeo abaixo, o paisagista indica os tipos para cada lugar. Ah, ainda tem aquelas para aquele dono que NÃO tem qualquer jeito com as plantinhas. São as mais resistentes, que aguentam tudo!

Tags:

Logo PE Con Sidebar

Instagram

  • Quer uma dica para dar aquele up no seu banheiro?
  • Vai casar e ainda no sabe qual tipo de cama
  • Aposte na decorao com as flores da estao!  Saiba
  • Quer saber a diferena entre esses trs? Acesse o Blog
  • Quer umas boas dicas para enfeitar a casa para poca
  • Cuidar do nosso planeta nunca foi to fcil sabia? Anote

  

<Abril 2019>
SuMoTuWeThFrSa
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930    

No Banner to display

Página 20 de 109« Primeira...10...1819202122...304050...Última »