Notas | Fazendo Sala expand_less

Posts filed under "Notas"

Categoria(s): Destaques, Notas

Exposição de Dantas Suassuna em homenagem ao pai, Ariano

Postado por Ines 13 de abril de 2015
Fotos_Deborah Ghelman (76)

Um trecho do romance A Pedra do Reino, livro de Ariano, foi bordado em tecido pela figurinista Andréa Monteiro. Fotos: Deborah Ghelman/divulgação

Ele sei foi há oito meses. Ariano Vilar Suassuna. Dramaturgo, romancista, ensaísta e poeta brasileiro. Paraibano e pernambucano. Para lembrar um pouco de sua arte, envolvida no movimento armorial, do qual foi idealizador, o filho Manuel Dantas Suassuna assina a vernissage Em nome do Pai, em cartaz no RioMar Recife até o dia 22. Além de telas e esculturas de Dantas, o público ainda pode assistir ao documentário “Ariano: Suassunas”, com depoimentos de familiares. Na entrada da mostra, os visitantes são recebidos por uma reprodução, em tamanho natural, da casa da família em Taperoá, Sertão da Paraíba.

Fotos_Deborah Ghelman (81)

Fotos_Deborah Ghelman (22)

Fotos_Deborah Ghelman (35)

Muitos dos quadros expostos fazem parte do acervo pessoal de Ariano, como aquele que mostra os pais do escritor, João e Rita. Visitar a exposição é percorrer a vida de Ariano, entrar em sua intimidade. Um programa imperdível para os apaixonados por arte.

Fotos_Deborah Ghelman (86)

Fotos_Deborah Ghelman (94)

“A arte nos permite muitos milagres: um deles, certamente, é o da transmutação. Cá estamos neste Recife molhado, demarcado por bordas de mar e rio. Mas ela, a arte ­ tão imbuída e impregnada de poderes ­ absolutos – nos guia até o Sertão, terra pedregosa e castanha, onde impera o grandioso”, diz trecho de divulgação da exposição, assinada pela jornalista Adriana Victor.

Tags:

Categoria(s): Destaques, Notas

A casa de Ju Lins respira Carnaval

Postado por Ines 13 de fevereiro de 2015
julins-abre

HOMENAGEADA Ju Lins, feliz da vida, com a faixa do bloco infantil Balança Rolhinha. Fotos: Gustavo Belarmino

O livreiro Tarcísio Pereira estava no Bacalhau do Batata. Não queria dar adeus ao Carnaval. No mesmo dia, em plena Quarta-Feira de Cinzas, nasceu sua filha Juliana Lins. As cinzas, como diz a famosa marchinha, até sopraram. Mas a vida se tornou um grande – e colorido – Carnaval. Ao lado do marido Carlos Augusto Costa, como o pai, um grande folião, a proprietária da loja infantil Vila 7 tem energia para curtir até cinco prévias num único fim de semana sem perder a animação. O período momesmo passa mas deixa um pouco da brincadeira em seu amplo e bem decorado apartamento na Avenida Boa Viagem. Em pequenos detalhes, nos registros alegres das fotografias. As fantasias são guardadas mas as lembranças dos bons Carnavais continuam vivas, ali presentes.

julins07

julins-estante

Na estante da sala, porta-retratos com lembranças carnavalescas e peças que dão cor à decoração do apartamento

O casal Mateus e Catirina, que tem inspiração no Bumba Meu Boi, presente do marido Carlos Augusto. A peça é assinada pelo artesão Manuel Eudócio

O casal Mateus e Catirina, que tem inspiração no Bumba Meu Boi, presente do marido Carlos Augusto. A peça é assinada pelo artesão Manuel Eudócio

Bonecas de madeira de Diomar, de Petrolina

Bonecas de madeira de Diomar, de Petrolina

Linda peça de Ferreira

O projeto do apartamento é de Zezinho e Turíbio Santos. Quadros e peças de artistas pernambucanos estão por toda parte. No destaque, obra de Ferreira

julins09

Cores em cada canto da casa, com muita harmonia

O casal sempre arrasa nas produções para as prévias. Alguns dos melhores Carnavais são lembrados com as imagens. No Baile dos Artistas, Ju Lins e Carlos Augusto Costa já incorporaram Gabriela e Nacib, além do Cisne Negro. Este ano, foram vestidos de “amor”. A escolha não poderia ser melhor. Quem conhece a dupla, se apaixona.

porta-retratos

Tags:

Categoria(s): Destaques, Notas

A miniatura de uma cadeira cheia de estilo

Postado por Gustavo Belarmino 9 de fevereiro de 2015

A estratégia é infalível: uma mesa cheia de pequenos componentes convida quem passa a juntar aquelas peças e montar uma cadeira em miniatura. O modelo resultante, além de virar objeto de desejo, tem um objetivo bem mais prático. Apresentar ao público alvo a versatilidade das cadeiras para escritório My Chair, da FlexForm. Isso porque as miniaturas – que são bem fáceis de montar – possuem encaixes similares à versão real. Naquela brincadeira, os fabricantes querem mostrar as possibilidades de personalização, o mecanismo intuitivo e outros valores (sustentabilidade, tecnologia) que vão além da percepção do usuário final.

cadeirinhas

Para difundir a marca, aproximar o consumidor e gerar impacto, a empresa criou a Chair Parade – lançada em setembro do ano passado – quando as miniaturas foram apresentadas a um grande público, durante a feira Office Solution, em São Paulo, uma das maiores do setor. Resultado? Sucesso total. Todo mundo queria montar e levar para casa as cadeirinhas. Foram mais de 400 mil pessoas impactadas e mais de 20 mil cadeirinhas distribuídas. No evento, as cadeiras montadas eram fotografadas com seus “criadores” e as imagens publicadas nas redes sociais, a partir de um app próprio. A Chair Parede virou road show e circula, neste ano, pelos mais de 50 representantes espalhados nas principais cidades brasileiras.

rafael-pimenta

No Recife, maior mercado consumidor da Flexform no Nordeste, a Chair Parede movimentou a Casa Ofício, onde arquitetos e clientes foram apresentados às miniaturas. “O nosso interesse em trazer a Chair Parade para o Recife é estreitar o relacionamento com o fabricante, a Flexform, mas também trazer os arquitetos, os principais clientes, parceiros locais, para que eles conheçam de forma lúdica o conceito do produto. E também possam conhecer os nossos lançamentos. Dessa forma, a gente consegue tornar a nossa loja  uma loja mais viva, menos um escritório comercial e fazer essa interação”, comentou Rafael Pimenta (foto acima), diretor da Casa Ofício, distribuidora exclusiva da marca em Pernambuco.

mychair

SOBRE A CADEIRA – O projeto da marca leva a assinatura dos premiados designers italianos Baldanzi & Novelli. Fabricada em resina de engenharia, a My Chair é mais leve do que as cadeiras operativas tradicionais. 98% da matéria-prima usada no produto é reciclável. Além do design elástico do encosto, que proporciona o máximo de conforto ao usuário, a cadeira My Chair possui o Easy Flex, mecanismo construído totalmente em resina de engenharia. Além de ser extremamente resistente, ele não utiliza parafusos ou peças em aço como os mecanismos convencionais.

Tags:

Logo PE Con Sidebar

Instagram

  • Mobiliar e decorar a casa  a realizao de um
  • Cuidar dos filhos  uma tarefa repleta de desafios Por
  • Lar de belezas naturais e culturais a Rua da Aurora
  • Morar sozinho pela primeira vez  um grande desafio principalmente
  • O Blog Fazendo Sala listou alguns presentes bem criativos para
  • A organizao e o equilbrio de uma casa esto diretamente

Newsletter

  

<Agosto 2018>
SuMoTuWeThFrSa
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031 

No Banner to display

Página 4 de 16« Primeira...23456...10...Última »