Archive for agosto, 2011

Náiade Lins: design de Pernambuco para o mundo Categoria(s): Ambientes, Sem categoria

Náiade Lins: design de Pernambuco para o mundo

Postado por Daniela 19 de agosto de 2011

Atelier Naiade Lins: peças de todos os tamanhos, estilos e matérias-primas

Muitos dos leitores do Fazendo Sala até podem nem ter ouvido falar em Náiade Lins, mas muito provavelmente já cruzaram com várias peças assinadas por ela, no Recife, Fernando de Noronha, São Paulo ou até em outras partes do mundo. Artista plástica e designer, ela cria e produz esculturas, objetos, luminárias, móveis e utilitários.  No seu atelier, no Pina, um enorme acervo de peças, de todos os estilos e materiais.

Impossível não se apaixonar por várias peças. Eu adoro todas de madeira!

Com DNA bem pernambucano, mas sem ser piegas ou cair na mesmice, as peças de Náiade são aclamadas por arquitetos, lojas e formadores de opinião. Múltipla, ela não fica presa a matérias-primas e produz linhas em madeira, cerâmica, resina e osso. Sempre inspirada e muito criativa, cria novidades que saem de sua oficina e vão direto para lojas, restaurantes, hotéis e residências.

As peças da designer estão presentes em várias ambientações de hoteis, resorts e restaurantes pernambucanos

Uma de suas últimas criações foi batizada de Mangue Table, lançada em um salão de design de Milão e mostrada no ambiente dedicado à Janete Costa, na última Fenearte.

A mesa mangue, lançada em Milão

E pensar que ainda tem gente que pragueja contra tudo que é produzido no Nordeste, bem pertinho de todos nós? Esses, sim, não sabem o que estão perdendo!

A ambientação do restaurante Domingo's, em Porto de Galinhas

Tags:

Teste 3 Categoria(s): Ambientes, Sem categoria

A cobertura de Zezinho & Turíbio na Casa Vogue

Postado por admin 9 de agosto de 2011

Zezinho & Turíbio e sua cobertura, sem preconceitos (Fotos: Fran Parente/Casa Vogue)

A edição de agosto da Casa Vogue tem como tema central a brasilidade. A revista visitou quatro casas brasileiras em diferentes cidades. Em Belo Horizonte foi recebida pelo estilista Ronaldo Fraga, que abriu as portas de sua casa da década de 50. O arquiteto e professor da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP, Julio Katinsky, mostra seu lar em São Paulo. E sabem quem está em destaque, representando o Nordeste? Os nossos queridíssimos arquitetos Zezinho e Turíbio Santos, que mostram sua linda cobertura de mil m² na Avenida Boa Viagem.

O colorido da poltrona com pufe amarelos da série Up, de Gaetano Pesce para B&B Italia

Vendo as fotos lindas assinadas por Fran Parente e lendo a matéria de repórter Adriana Frattini podemos aprender algumas lições importantes com essa dupla talentosa de arquitetos. O gosto apurado torna possível harmonizar com maestria arte popular, peças de design, móveis contemporâneos e preciosidades garimpadas em antiquários, galerias de arte e viagens. Sem preconceitos com períodos, origem, tema ou valor de mercado,  Zezinho e Turíbio ensinam: “Qualquer coisa que atraia o nosso olhar – e, possivelmente, nos faça sorrir – pode entrar na nossa casa”.

No mix de peças, Totem do Mestre Cornélio do Piauí lado a lado com a mesa art déco. Ainda no mix, leões de Nuca de Tracunhaém, luminárias Flos e peças de Brennand convivem em harmonia

O resultado, como mostram as imagens, são espaços lindos, com um mix que valoriza a ilimitada coleção de móveis e objetos especialíssimos, impregnados de significados para os proprietários da residência. Peças assinadas por  Mestre Cornélio do Piauí a Philippe Starck, passando por Gaetano Pesce, Achille Castiglioni e Mestre Galdino dialogam entre si, em vários ambientes. O comportamento estético e libertário do casal, com certeza, são o elo de ligação entre todos os elementos. O resultado é o que costumamos definir aqui no Fazendo Sala de  “casa com alma”.

 

A reportagem completa da Vogue Casa você confere aqui: http://glo.bo/pRWElf

Tags:

Teste 1 Categoria(s): Sem categoria

Preciosidades da rainha ao alcance dos plebeus

Postado por admin 9 de agosto de 2011

Os ovos assinados por Fabergé são os mais caros do mundo

Claro que o Palácio de Buckinghan é passagem obrigatória para todos que vão à Inglaterra. Mas você já imaginou cruzar os portões dourados da residência real, visitar alguns cômodos e ainda ver com os seus próprios olhinhos várias das milhares peças preciosas que habitam seus salões? Pois saiba que isso é possível, mas só agora, no verão. Enquanto a rainha e toda a família curtem férias no castelo de Balmoral, na Escócia, os plebeus podem ver além da tradicional  troca da guarda, atravessando os belos jardins e tendo acesso ao interior do mais nobre endereço britânico.

A mostra reúne preciosidades delicadíssimas

Residência dos soberanos desde 1837, o Palácio de Buckingham  abre para visitantes apenas uma vez por ano, de agosto a setembro. Muito se falou da mostra do vestido de noiva, sapatos e os brincos usados por Kate Middleton no casamento. Mas o que muita gente não sabe é que durante este período uma outra exposição, na minha opinião bem mais interessante e charmosa, estará aberta ao público. Royal Fabergé é uma mostra que reúne mais de 100  itens criados pelo joalheiro russo Peter Carl Fabergé e colecionadas por seis gerações da família real britânica.

Miniaturas, conjuntos de chá e outras preciosidades do acervo real poderão ser conferidos pelos visitantes

Uma série de obras será exibida pela primeira vez. Claro que não faltam jogos de chás -uma minitatura linda inclusive-, louças e peças delicadíssimas. Mas o que chama a atenção mesmo são os magníficos ovos de páscoa rebuscados, decorados com ouro, esmalte e muitas pedras preciosas.  E ainda há quem não acredite em tesouros! Para completar, esculturas de animais, caixas para cigarros, porta-retratos e relógios de mesa assinados por Carl Fabergé, autor de verdadeiras obras-primas da joalheria e o preferido dos czares da Rússia.

E este ovo com caixinha de música e uma bailarina como recheio? Amei!

Outras preciosidades

Dos 775 quartos, os visitantes podem percorrer 19 cômodos conhecidos como The State Rooms, onde mais de 50 mil convidados são recebidos a cada ano para banquetes, recepções e festas no jardim do palácio real, conhecidas como Royal Garden Parties. Um dos destaques do roteiro é o salão de baile (The Ballroom). Nas paredes, os visitantes poderão contemplar telas de Rembrandt, Rubens, Poussin e Canaletto.

Um passeio capaz de encher os olhos de qualquer plebeu de bom gosto! As mostras ficam abertas até o dia 25 de setembro. Caso não esteja planejando visitar a Inglaterra nem tão cedo, o Fazendo Sala mostra em vídeo algumas das preciosidades que estão expostas no Palácio de Buckingham.

Logo PE Con Sidebar

Vídeo

Instagram Slider

Newsletter

agosto 2011
DSTQQSS
« jul set »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031 
  
Página 1 de 41234