O Espaço Janete Costa é uma lojinha repleta de achados Categoria(s): Sem categoria, Tendências

O Espaço Janete Costa é uma lojinha repleta de achados

Postado por Daniela 14 de março de 2012

No espaço Janete Costa, cerâmicas, utilitários, brinquedos artesanais, bijoux e coisas lindas produzidas artesanalmente

Esta semana o Fazendo Sala foi ao Museu do Homem do Nordeste, participar do lançamento do livro Artesanato + Design, de Adélia Borges, uma autoridade no cenário de design contemporâneo no Brasil. O evento foi ótimo, com palestra que foi uma verdadeira aula. aproveitamos o passeio para descobrir e passear pela lojinha do local, batizada de Espaço Janete Costa e recheada de produtos artesanais e lindos. O Fazendo Sala garante: é impossível sair de lá sem pelo menos uma sacolinha nas mãos.

O Fazendo Sala amou o tecido pintado à mão, usado como revestimento da poltrona, as bandejas feitas com azulejos artesanais e as estilosas caixas de papelão

Criado em 2008, o Espaço Cultural Janete Costa é voltado para a divulgação do artesanato local. Recebeu esse nome em homenagem à saudosa arquiteta Janete Costa, incansável defensora da autêntica arte popular e participante ativa da equipe de criação da nova exposição de longa duração do Museu.

Na lojinha do Museu é praticado o comércio solidário, que não visa o lucro e sim a divulgação do trabalho do artesão. O resultado desse conceito é a garantia de preços justos, decorrentes de uma necogicação direta entre o Museu e os artesãos, sem a presença de atravessadores.

a lojinha é ótima para garimpar coisinhas para casa e peças legais para dar de presente. O Fazendo Sala virou freguês!

É levado em conta o material utilizado, o tempo que ficará em consignação na loja até sua possível venda e a mão de obra do artesão junto com o tempo dispensado para a confecção do objeto. Os produtos são submetidos a uma curadoria, que para avalia se os produtos seguem os critérios de arte popular de raiz e não, simplesmente, artesanato feito em escala comercial.

Todo o dinheiro da venda dos produtos é repassado, integralmente, ao jovem artesão ou à associação a qual ele é vinculado, a exemplo da Arafibrarte, em Araçoiaba, no interior de Pernambuco, que trabalha com fibras de cana e bagaço de beterraba e papel reciclado.

Tags:

Não há Comentários.

  1. - 28 de outubro de 2012
      -   Responder

    I was examining some of your content on this website and I think this website is really instructive! Retain putting up.

Escreva seu comentário


oito + 1 =

Logo PE Con Sidebar

Vídeo

Instagram Slider

Newsletter

fevereiro 2018
DSTQQSS
« ago  
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728