O Espírito Santo chama atenção por sua delicadeza. De Minas Gerais, custa R$ 90 Categoria(s): Decoração, Destaques

Garimpando arte

Postado por Ines 8 de julho de 2015
Os leões de juba cacheada do saudoso Mestre Nuca estão por toda a feira. Fotos: Gustavo Belarmini

Os leões de juba cacheada do saudoso Mestre Nuca estão por toda a feira. Fotos: Gustavo Belarmino

Há 16 nos, a Fenearte vai além do artesanato local, trazendo a Pernambuco obras de arte de outros estados e países. E sim, mesmo depois de tanto tempo, ainda é possível garimpar novidades. Ou até mesmo ter coragem de comprar aquela peça um pouco mais cara que você admira a cada edição. O Fazendo Sala visitou a feira, que vai até o próximo domingo (12), e destacou algumas obras que chamaram atenção, das mais tradicionais, simples ou elaboradas, que duram dias para virar realidade pelas mãos de artesãos talentosos.

No Armazém Sebrae, logo na entrada, encontramos essas morangas. Ideais para servir entradinhas. A unidade custa R$ 7

No Armazém Sebrae, logo na entrada, encontramos essas morangas. Ideais para servir entradinhas. A unidade custa R$ 7

DSC08516

A bandeja de tampinhas, também no Armazém Sebrae, sai por R$ 42

DSC08527

As Duas Véias, de Diego, custa R$ 1.500. Estão no Armazém Sebrae

A Véia e o Menino, de Diomar, também no Armazém Sebrae, custa R$ 3 mil

A Véia e o Menino, de Diomar, também no Armazém Sebrae, custa R$ 3 mil

As aves em cerâmica de Tiago Amorim, artesão de Olinda, custam, em média, R$ 300

As aves em cerâmica de Tiago Amorim, artesão de Olinda, custam, em média, R$ 300

A peça, que utiliza a técnica de herborização, é de Minas Gerais. Este chaveiro sai por R$ 40

A peça, que utiliza a técnica de herborização, é de Santa Catarina. Este chaveiro sai por R$ 40

Essas flores são feitas com EVA. Dá para acreditar? Estão no estande do Ceará e a unidade custa R$ 21,48

Essas flores são feitas com EVA. Dá pra acreditar? Estão no estande do Ceará e a unidade custa R$ 21,48

Feita com papel de cimento, a peça intitulada A Família, é do estande de Minas Gerais. Custa R$ 240

Feita com papel de cimento, a peça intitulada A Família, é do estande de Minas Gerais. Custa R$ 240

As xícaras bem delicadas dão um charme na cozinha. Também de Minas Gerais, custam R$ 18

As xícaras bem delicadas dão um charme na cozinha. Também de Minas Gerais, custam R$ 18

O sousplat de fibra de bananeira com chita é de Barreiros, no interior de Pernambuco. Cada um sai por R$ 20

O sousplat de fibra de bananeira com chita é de Barreiros, no interior de Pernambuco. Cada um sai por R$ 20

Este banco que lembra ladrilhos é do Espírito Santo. Custa, em média, R$ 120

Estes bancos que lembram ladrilhos são de Minas Gerais. Custam, em média, R$ 120

O Espírito Santo chama atenção por sua delicadeza. De Minas Gerais, custa R$ 90

O Espírito Santo em destaque no estande de Minas Gerais custa R$ 90

As máscaras são de Ivanildo, de Tracunhaém. Custam R$ 50

As máscaras são de Ivanildo, de Tracunhaém. Custam R$ 50

DSC08605

Os pêndulos criados por Leny’s são de Tracunhaém. Custam R$ 30

As violas de barro são criação de Paulo Sérgio, artesão de Olinda. Saem por R$ 60

As violas de barro são criação de Paulo Sérgio, artesão de Olinda. Saem por R$ 60

Essas são as flores de Holambra, de São Paulo. De várias cores, são feitas em madeira. Uma custa R$ 2 mas a partir de 20 unidades, o preço cai para R$ 1

Essas são as flores de Holambra, de São Paulo. De várias cores, são confeccionadas com madeira. Uma custa R$ 2 mas a partir de 20 unidades, o preço cai para R$ 1

LEIA TAMBÉM

Top achados gringos na Fenearte
- Interferência Janete Costa: a Fenearte antes da feira
- O artesanato de Nuca em destaque na Fenearte

Para anotar
A XVI Fenearte será de 2 a 12 de julho
Centro de Convenções de Pernambuco
Segunda a sexta, das 14h às 22h
Sábado e domingo, das 10h às 22h
Ingressos de segunda a sexta: R$ 10 (inteira) R$ 5 (meia)
Ingressos aos sábados e domingos: R$ 12 (inteira) R$ 6 (meia)

Os valores das peças foram vistos no sábado, dia 4 de julho. De lá pra cá podem ter alterações. Sempre vale a pena pechinchar ;)  

Tags:

há 2 Comentários

  1. elga moraes
    - 8 de julho de 2015
      -   Responder

    Bom dia!

    Show sua garimpagem, Fenearte é tudo de bom mesmo!
    Gostaria apenas de contribuir com uma correção, o produto indicado como porta chaves utilizando a herborização é no stand de Santa Catarina.
    Abs
    Elga

    • Gustavo Belarmino
      - 15 de julho de 2015
        -   Responder

      Obrigado pela correção!

Escreva seu comentário


1 × nove =

Logo PE Con Sidebar

Vídeo

Instagram Slider

Newsletter

novembro 2017
DSTQQSS
« ago  
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930