expand_less

Posts tagged with "Janete Costa"

Categoria(s): Decoração, Destaques

Interferência Janete Costa: a Fenearte antes da feira

Postado por Gustavo Belarmino 7 de julho de 2015
A Varanda é um dos três ambientes montados no Espaço Janete Costa. Fotos: Gustavo Belarmino

A Varanda é um dos três ambientes montados no Espaço Janete Costa. Fotos: Gustavo Belarmino

Nem é preciso pagar ingresso para sentir o gostinho da Fenearte. É lógico que lá dentro vai ter muuuuito mais o que ver e comprar, mas o Espaço Interferência Janete Costa – assim como a loja-modelo Armazém Sebrae, ambos na área externa do pavilhão do Centro de Convenções de Pernambuco – sempre é um capítulo a ser explorado. Projetado pelas arquitetas Bete Paes e Roberta Borsoi, o Espaço de 180m² busca a valorização do artista popular, do artesanato e do design artesanal, mostrando como peças de barro, madeira e tecido podem servir de inspirações para projetos aconchegantes e cheios de referências locais.

Detalhe para a instalação de um jardim vertical ao fundo

Detalhe para a instalação de um jardim vertical ao fundo

As boas vindas ocorrem no espaço Varanda, um dos três ambientes da mostra de decoração. Lá, uma parede de cipó lembra um jardim vertical. Os lustres em corda dão um tom de design contemporâneo, assim como o balanço feito com colheres-de-pau. Os outros ambientes são a Sala de estar e o Recanto de leitura. As peças, de design artesanal, são assinadas por designers como Sérgio Matos, Joelson, entre outros. No dia em que visitamos, muitas peças da exposição – que também estão à venda – já estavam esgotadas. Mesmo assim, vale pegar o cartãozinho, a ideia e sair com a certeza de que basta ter bom gosto para fazer a diferença.

Os lustres do espaço chamam atenção pelas cores e técnica utilizada. Estão à venda no ambiente

Os lustres do espaço chamam atenção pelas cores e técnica utilizada. Estão à venda no ambiente

A cadeira de balanço confeccionada com colher-de-pau

A cadeira de balanço confeccionada com colher-de-pau

SALA DE ESTAR
Na parte interna do Espaço, a Sala de Estar, com destaque para a mesinha de canto

Visão da sala de estar, que abusou dos tons de verde e peças de design artesanal

Visão da sala de estar, que abusou dos tons de verde e peças de design artesanal

Na parede, quadrinhos com temas do universo nordestino

Na parede, quadrinhos com temas do universo nordestino

Centro de tábua recebeu folhagens artesanais para compor o ambiente

Centro de tábua recebeu folhagens artesanais para compor o ambiente

A banqueta, charmosa, lembra uma cabeça de maracatu. Achamos a peça incrível

A banqueta, charmosa, lembra uma cabeça de maracatu. Achamos a peça incrível

Detalhe do console, com abajour rústicos e anjinhos de cerâmica

Detalhe do console, com abajour rústicos e anjinhos de cerâmica

Outro corte do ambiente, com o console ao fundo

Outro corte do ambiente, com o console ao fundo

Pufe em verde, compõe com os outros detalhes do ambiente. Também é uma peça assinada e artesanal

Pufe em verde, compõe com os outros detalhes do ambiente. Também é uma peça assinada e artesanal

Ainda na Sala de estar, destaque para o lustre de canto do sofá. As mesinhas também dão todo um diferencial

Ainda na Sala de estar, destaque para o lustre de canto do sofá. As mesinhas também dão todo um diferencial

RECANTO DA LEITURA
A sala aconchegante tem como destaque a poltrona confortável

O Recanto da leitura, com tons cinza, é o terceiro ambiente do Espaço

O Recanto da leitura, com tons cinza, é o terceiro ambiente do Espaço

Detalhe para as luminárias de chão em latão

Detalhe para as luminárias de chão em latão

Bancos contemporâneos compõem o ambiente

Bancos contemporâneos compõem o ambiente

Uma lagarta gigante descansa sobre o tapete da sala de leitura

Uma lagarta gigante descansa sobre o tapete da sala de leitura

Mais um recorte do ambiente

Mais um recorte do ambiente

Olha só que linda essa mandala, do artesão Mário Teles, de Minas Gerais

Olha só que linda essa mandala, do artesão Mário Teles, de Minas Gerais

Arte de Minas Gerais, feita na hora, é outro destaque no Espaço

Arte de Minas Gerais, feita na hora, é outro destaque no Espaço

Banqueta de bode, também no Espaço Intereferência

Banqueta de bode, também no Espaço Intereferência

Outra poltrona assinada - custam em média R$ 500 - do espaço

Outra poltrona assinada – custam em média R$ 500 – do espaço

Aqui, tatus servem de peso para o tapete

Aqui, tatus servem de peso para o tapete

Pinhas de madeira - todas vendidas - saíam por R$ 100

Pinhas de madeira – todas vendidas – saíam por R$ 100

Cabeças de barro, de madeira, de todos os tamanhos

Cabeças de barro, de madeira, de todos os tamanhos

Exvotos: por toda a feira - e também no espaço Janete Costa - é possível encontrar

Exvotos: por toda a feira – e também no espaço Janete Costa – é possível encontrar

Tags:

O Espaço Janete Costa é uma lojinha repleta de achados Categoria(s): Sem categoria, Tendências

O Espaço Janete Costa é uma lojinha repleta de achados

Postado por Daniela 14 de março de 2012

No espaço Janete Costa, cerâmicas, utilitários, brinquedos artesanais, bijoux e coisas lindas produzidas artesanalmente

Esta semana o Fazendo Sala foi ao Museu do Homem do Nordeste, participar do lançamento do livro Artesanato + Design, de Adélia Borges, uma autoridade no cenário de design contemporâneo no Brasil. O evento foi ótimo, com palestra que foi uma verdadeira aula. aproveitamos o passeio para descobrir e passear pela lojinha do local, batizada de Espaço Janete Costa e recheada de produtos artesanais e lindos. O Fazendo Sala garante: é impossível sair de lá sem pelo menos uma sacolinha nas mãos.

O Fazendo Sala amou o tecido pintado à mão, usado como revestimento da poltrona, as bandejas feitas com azulejos artesanais e as estilosas caixas de papelão

Criado em 2008, o Espaço Cultural Janete Costa é voltado para a divulgação do artesanato local. Recebeu esse nome em homenagem à saudosa arquiteta Janete Costa, incansável defensora da autêntica arte popular e participante ativa da equipe de criação da nova exposição de longa duração do Museu.

Na lojinha do Museu é praticado o comércio solidário, que não visa o lucro e sim a divulgação do trabalho do artesão. O resultado desse conceito é a garantia de preços justos, decorrentes de uma necogicação direta entre o Museu e os artesãos, sem a presença de atravessadores.

a lojinha é ótima para garimpar coisinhas para casa e peças legais para dar de presente. O Fazendo Sala virou freguês!

É levado em conta o material utilizado, o tempo que ficará em consignação na loja até sua possível venda e a mão de obra do artesão junto com o tempo dispensado para a confecção do objeto. Os produtos são submetidos a uma curadoria, que para avalia se os produtos seguem os critérios de arte popular de raiz e não, simplesmente, artesanato feito em escala comercial.

Todo o dinheiro da venda dos produtos é repassado, integralmente, ao jovem artesão ou à associação a qual ele é vinculado, a exemplo da Arafibrarte, em Araçoiaba, no interior de Pernambuco, que trabalha com fibras de cana e bagaço de beterraba e papel reciclado.

Tags:

Livro Design+Artesanato será lançado por Adélia Borges no Recife Categoria(s): Sem categoria, Tendências

Livro Design+Artesanato será lançado por Adélia Borges no Recife

Postado por Daniela 14 de fevereiro de 2012

O Livro Design + Artesanato, que será lançado por sua autora Adélia Borges, no Museu do Homem do Nordeste, no dia 13 de março

A curadora, escritora e professora da história do design, Adélia Borges, esteve no Recife, em julho de 2011, quando participou e se encantou com a grandiosidade da nossa Feneart. No dia 13 de março, ela, que se tornou uma espécie de papisa especialista nos assuntos design, negócios e artesanato, lançará em Pernambuco, no Museu do Homem do Nordeste, o seu Livro Design + Artesanato: o caminho brasileiro.

O livro fala da importância de se preservar uma identidade, com qualidade

O livro, já lançado em São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte, faz uma espécie de radiografia da revitalizacão do recente do artesanato brasileiro, através de um estudo  profundo feito em quase três décadas de trabalho árduo e meticuloso.Publicado pela editora Terceiro Nome, Design + Artesanato tem 240 páginas, é fartamente ilustrado e custa R$ 80. A leitura é uma delícia e tem tudo a ver com Pernambuco e com quem, como nossa saudosa Janete Costa (uma das amigas inspiradoras da autora), aprecia o bom gosto, o design, a arquitetura, a arte e a cultura popular na mesma proporção.

Pernambuco é um dos estados citados no livro, que, além de informativo e recheado de um conteúdo muito bem embasado, é lindo e muito bem ilustrado

Serviço:

Design + Artesanato: o caminho brasileiro – Adélia Borges

Lançamento no Recife

Dia 13.03

Museu do Homem do Nordeste

Tags:

No Banner to display

Logo PE Con Sidebar

Instagram

  • Oxe Dia do Nordestino  hoje sabia? Vem conferir algumas
  • T a fim de mudar a cara do seu apartamento
  • Moderno e despojado! O estilo Boho tem sido uma febre
  • Apartamento tambm podem ser sinnimo de ambiente verde Quer saber
  • Com tantas opes de lojas online pode at ser difcil
  • Quem no gostaria de ter uma varanda gourmet na prpria

Newsletter

  

<Outubro 2018>
SuMoTuWeThFrSa
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031   

No Banner to display

No Banner to display

No Banner to display

Página 1 de 212